A biotecnologia como instrumento de desenvolvimento econômico e social - doi:10.5102/uri.v6i1.831

Mariana dos Santos Santos

Resumo


Este artigo analisou a biotecnologia como fonte de desenvolvimento social e econômico para o Brasil. A Cooperação Internacional é abordada como meio de se obter os recursos tecnológicos necessários para a aplicação deste instrumento. Por esta razão, efetuou-se uma análise da Cooperação Técnica Internacional, uma das vertentes da cooperação mais importantes e evidentes. O trabalho aponta que o Brasil vislumbra oportunidades para impulsionar o seu desenvolvimento através da biotecnologia com a recente Política de Desenvolvimento de Biotecnologia e a criação do Comitê Nacional de biotecnologia. A análise do Centro Brasileiro Argentino de Biotecnologia (CBAB) demonstra empiricamente a importância da cooperação para incentivar o uso da biotecnologia nos países do sul e, com efeito, acelerar o desenvolvimento nestes lugares. No entanto, a dificuldade encontrada pelo Brasil encontra-se na ausência de interação entre os setores acadêmicos e científicos e os setores produtivos.

Palavras-chave


Biotecnologia, Desenvolvimento, Cooperação Internacional, Cooperação Empresa -Universidade.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uri.v6i1.831

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1807-2135 (impresso) - ISSN 1982-0720 (on-line) - e-mail: universitas.rel@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia