O NÃO-BRANCO, O SERTÃO E O PENSAMENTO SOCIAL BRASILEIRO

René Marc da Costa Silva

Resumo


O presente artigo pretende compreender o processo pelo qual a invisibilidade social das pessoas negras foi construída através da categoria analítica e política de “Sertão”. Esta abordagem será desenvolvida com relação ao pensamento social brasileiro dos fins do século XIX

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/prismas.v3i2.260

ISSN 1809-9602 (impresso) - ISSN 1808-7477 (on-line) - e-mail: rochaalice@yahoo.com.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia