Prótese mioelétrica aplicada em membros superiores com modelagem mecânica em impressora 3d

Railander Oliveira A. Faria, Pedro Pinheiro Garcia, Luciano Henrique Duque

Resumo


As próteses mioelétricas utilizam eletrodos de superfície para interpretar sinais mioelétricos. Estes sinais são comandos que percorrem o sistema nervoso capazes de realizar funções motoras, como contração muscular. A partir da leitura e processamento digital desse sinal, é possível controlar um sistema servomotor e reproduzir a intenção do usuário. Para otimizar o procedimento, se faz necessário amplificar o sinal e filtrar possíveis ruídos na leitura provenientes da rede elétrica e outros equipamentos nas proximidades. Um modelo matemático eficiente é importante para realizar o tratamento do sinal sacrificando o mínimo de processamento que for possível. Com o auxílio de uma impressora 3D, buscou-se realizar testes quanto a montagem de próteses já desenvolvidas e compreender melhor como operar o equipamento. Para trabalhos futuros, espera-se desenvolver um modelo adequado de prótese que comporte os componentes eletrônicos necessários de forma discreta, adquirir mini/micro servomotores capazes de simular os movimentos de uma mão real


Palavras-chave


prótese, prótese 3D, sinais mioelétricos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n1.2018.6303

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia