Análise comparada de estratégias de enfrentamento a "revenge porn" pelo mundo

Natália Neris, Juliana Pacetta Ruiz, Mariana Giorgetti Valente

Resumo


O trabalho consiste em uma investigação sobre o tratamento de disseminação não consentida de imagens íntimas (mais conhecido como "revenge porn”) ao redor do mundo. Por meio da problemática “como se dá a regulação/tratamento da disseminação não consentida de conteúdo íntimo em outros países do mundo?” mapearam-se diferenças e semelhanças entre o tratamento do problema em vinte e seis países, incluindo o Brasil, e a forma como as instituições enxergam-no e classificam-no. A análise indica uma tendência predominante de criminalização da conduta, e, no presente artigo, além de apresentar tais resultados, apontamos outras vias/soluções de alguns países para a questão que contemplam políticas públicas. A sistematização das respostas e sua discussão crítica faz-se fundamental para que o problema - que persiste em diferentes contextos - seja enfrentado considerando sua complexidade tanto do ponto de vista das relações de gênero quanto da garantia dos direitos digitais.

Palavras-chave


Pesquisa Compara; Internet; Violência contra a Mulher Online; Legislação; Políticas Públicas

Texto completo:

Pdf

Referências


FRANKS, Mary Anne. Drafting an Effective 'Revenge Porn' Law: A Guide for Legislators, 2015 Available at SSRN: or

FRANKS, Mary Anne. Revenge Porn' Reform: A View from the Front Lines. Florida Law Review, University of Miami Legal Studies Research Paper No.16-43. Prelo 2018. Disponível em:

KEE, Jac sm. “¿Cultivando la violencia mediante la tecnología? Explorando la conexión entre tecnologías de la información y la comunicación y violencia contra las mujeres”, 2006 Disponível em:

MALTZAHN, Kathleen “Peligros digitales: las tecnologías de la información y la comunicación y la trata de mujeres”, 2005 Dispónível em:

NYST, C. “Tecnología y violencia contra las mujeres: tendencias recientes en la legislación” in Basta de violencia: derechos de las mujeres y seguridad en línea - Tecnología y violencia contra las mujeres: tendencias recientes en la legislación. Association for Progressive Communications (APC), 2014.

FIALOVA, Katerina y FASCENDINI, Flavia “Voces desde espacios digitales: violencia contra las mujeres relacionada con la tecnología - informe de síntesis”, 2011 Disponível em:

xxxx, 2016 - suprimido para não revelar a identidade dos autores no momento de blind peer review.

The Women’s Legal and Human Rights Bureau (WLB). “From impunity to justice: Domestic legal remedies for cases of technology-related violence against women”, 2015 Disponível em:

xxxx, 2017 - suprimido para não revelar a identidade dos autores no momento de blind peer review.

VAN HOECKE, Mark. “Methodology of Comparative Legal Research”, LaM december, 2015DOI: 10.5553/REM/.000010




DOI: http://dx.doi.org/10.5102/rbpp.v7i3.4940

ISSN 2179-8338 (impresso) - ISSN 2236-1677 (on-line)

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia