Condicionantes e diretrizes de políticas públicas: um enfoque comunitarista da transformação social

João Pedro Schmidt

Resumo


O artigo apresenta contribuições da teoria comunitarista ao debate sobre a capacidade das políticas públicas produzirem real transformação social, uma questão central ao debate político atual, marcado pelo ceticismo acerca da potência transformadora da política. Inicialmente o texto explana as condições da guiabilidade de sistemas sociais e de eficácia das políticas sob o enfoque da teoria da orientação ativa, formulada por Amitai Etzioni, em um viés alternativo ao racionalismo e ao incrementalismo. Após, sumariza um elenco de diretrizes formuladas por autores comunitaristas para nortear e conferir sentido democrático e humanístico às políticas. O texto conclui que as contribuições comunitaristas, caracterizadas por uma perspectiva realista, são relevantes tanto no plano analítico (análise de políticas) quanto no plano da ação (planejamento e implementação). O método é dedutivo e a técnica de pesquisa é bibliográfica.

Palavras-chave


Comunitarismo; orientação ativa; Etzioni; políticas públicas

Texto completo:

PDF

Referências


ADÁN, José Pérez. Diez temas de sociología: vivir una sociedad familiar y humana. 2a ed. Madrid: Ediciones Internacionales Universitárias, 2002.

BARBER, Benjamin. If the mayors ruled the world: dysfunctional nations, rising cities. New Haven & London: Yale University Press, 2013.

BARBER, Benjamin. Consumido: como o mercado corrompe crianças, infantiliza adultos e engole cidadãos. Rio de Janeiro e São Paulo: Record, 2009.

BARBER, Benjamin. Strong democracy: participatory politics for a new age. 2ª ed. Berkeley, Los Angeles, London: University of California Press, 2003.

BARBER, Benjamin. Un lugar para todos: como fortalecer la democracia y la sociedad civil. Barcelona: Paidós Ibérica, 2000.

BELLAH, Robert et al. Habits of the heart: individualism and commitment in American life. 3ª ed. Berkeley and Los Angeles: University of California Press, 1996.

BELLAH, Robert et al. The good society. New York: Vintage Books, 1991.

BOSWELL, Jonathan. Community and the economy: the theory of public co-operation. London: Routledge, 1994.

ETZIONI, Amitai. Transforming the active orientation. Issues in Science and Technology. National Academies Of Sciences, Engineering, And Medicine. The University Of Texas At Dallas Arizona State University, p. 78-85, 2016.

ETZIONI, Amitai. The new normal: finding a balance between individual rights and the common good. New Brunswick: Transaction Publishers, 2015.

ETZIONI, Amitai. Hot spots: American foreign policy in a post-human rights world. New Brunswick and London: Transaction Publishers, 2015.

ETZIONI, Amitai. Reexame da estratégia mista de decisão. In: HEIDEMANN, F.G.; SALM, J.F. (org.) Políticas públicas e desenvolvimento: bases epistemológicas e modelos de análise. Brasília: Edunb, 2009, p. 232-249.

ETZIONI, Amitai. La dimensión moral: hacia una nueva economía. Madrid: Palabra, 2007.

ETZIONI, Amitai. El guardián de mi hermano: autobiografía y mensaje. Madrid: Astor Juvenil Palabra, 2006.

ETZIONI, Amitai. The unique methodology of policy research. In: GOODIN, Robert (ed.) The Oxford handbook of public policy. Oxford: Oxford University Press, 2006, p. 833-843.

ETZIONI, Amitai. The active society revisited: a response. In: McWILLIAMS, W. (ed.) The active society revisited. Lanham: Rowman & Littlefield Publishers, 2005.

ETZIONI, Amitai. La tercera vía: hacia una buena sociedad. Propuestas desde el comunitarismo. Madrid: Trotta, 2001.

ETZIONI, Amitai. Humble Decision Making. Harvard Business Review on Decision Making, Harvard Business School Press: Boston, MA, p. 45-57, 2001. Disponível em http://ssrn.com/abstract=2157020. Acesso em 20/06/2016.

ETZIONI, Amitai. Law in civil society, good society, and the prescriptive state. Chicago-Kent Law Review, v. 75, n. 2, p. 355-378, 2000.

ETZIONI, Amitai. La nueva regla de oro: comunidad y moralidad en una sociedad democrática. Barcelona, Paidós Ibérica, 1999.

ETZIONI, Amitai. A responsive society: collected essays on guiding deliberative social change. San Francisco, Oxford: Jossey-Bass, 1991.

ETZIONI, Amitai. La sociedad activa: una teoría de los procesos societales y políticos. Madrid: Aguilar, 1980.

ETZIONI, Amitai. Análise comparativa de organizações complexas: sobre o poder, o engajamento e seus correlatos. Rio de Janeiro: Zahar, São Paulo: Edusp, 1974.

HEIDEMANN, Francisco G.; SALM, J. F. (org.) Políticas públicas e desenvolvimento: bases epistemológicas e modelos de análise. Brasília: Edunb, 2009.

KROPOTKIN, Piotr. Ajuda mútua: um fator de evolução. São Sebastião: A Senhora Editora, 2009.

PUTNAM, Robert. Our kids: the American dream in crisis. New York: Simon & Schuster, 2015.

SCHMIDT, João P. Juventude e política: a socialização política dos jovens brasileiros na virada do milênio. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 2001.

SANDEL, Michael. O que o dinheiro não compra: os limites morais do mercado. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.

SELZNICK, Philip. The moral commonwealth. Berkeley: University of California Press, 1992.

SELZNICK, Philip. The communitarian persuasion. Washington DC: Woodrow Wilson Center Press, 2002.

SUBIRATS, Joan et al. Análisis y gestión de políticas públicas. Barcelona: Planeta, 2012.

TAM, Henry. Communitarianism: a new agenda for politics and citizenship. Macmillan: Basingstoke, 1998.

VAZ, Henrique C. Ontologia e história. São Paulo: Duas Cidades, 1968.

WALZER, Michael. Esferas da justiça: uma defesa do pluralismo e da igualdade. São Paulo: Martins Fontes, 2003.




DOI: http://dx.doi.org/10.5102/rbpp/bjpp.v6i3.4400

ISSN 2179-8338 (impresso) - ISSN 2236-1677 (on-line)

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia