Ativismo Judicial e Direito à Saúde: a judicialização das políticas públicas de saúde e os impactos da postura ativista do Poder Judiciário

Fernanda Tercetti Nunes Pereira

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar o ativismo judicial na efetivação do direito constitucional à saúde em confronto com o delineamento das políticas públicas de saúde e do planejamento das ações governamentais, ambos e competência do Poder Executivo, conforme preceitua a Constituição Federal de 1988. Os governos dos entes da federação dispõem de instrumentos de planejamento de suas ações, cuja previsão, procedimentos e requisitos de elaboração também constam na Carta Magna. Um deles é a Lei Orçamentária Anual, que congrega as receitas (ingressos de recursos) e as despesas (saídas de recursos) públicas para um período de um ano. Observa-se, no entanto, um crescente número de decisões judiciais que determinam ao Poder Executivo o fornecimento de medicamentos e o tratamento de doenças, em demandas individuais contra os entes da federação, prevendo, inclusive, multas pelo descumprimento. Isto enseja a imposição de gastos não contemplados no planejamento das ações governamentais, o que acarreta desequilíbrios nas contas públicas, além de desorganizar a atuação administrativa. Em última análise, essa postura ativista exacerbada do Poder Judiciário, gera impactos negativos na condução das políticas públicas de saúde, além de comprometer o princípio da separação dos poderes.

Palavras-chaves: Direito à saúde. Poder Executivo. Planejamento governamental. Ativismo judicial. Separação dos poderes.

Palavras-chave


Direito à saúde; Poder Executivo; Planejamento governamental; Ativismo judicial; Separação dos poderes.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, Claudiano; MEDEIOS, Márcio; FEIJÓ, Paulo Henrique. Gestão e finanças públicas: fundamentos e práticas de planejamento, orçamento e administração financeira com responsabilidade fiscal. 2. ed. Brasília: Coleção Gestão Pública, 2008.

BARROSO, Luís Roberto. Judicialização, ativismo judicial e legitimidade democrática. In: COUTINHO, Jacinto Nelson de Miranda; FRAGALE FILHO, Roberto; LOBÃO, Ronaldo (Org.). Constituição e ativismo judicial: limites e possibilidades da norma constitucional e da decisão judicial. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2001. p. 275-290.

BRASIL, Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, texto promulgado em 05 de outubro de 1988. Diário Oficial da União, Brasília, n. 191, 05 out. 1988, Seção 1.

BRASIL. Superior Tribunal de Justiça. Agravo Regimental em Recurso Especial. AgRg no Recursos Especial n. 1.291.883-PI. Segunda Turma. Agravante: União. Agravado: Ministério Público Federal. Relator: Min. Castro Meira. Brasília, 20 de junho de 2013. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2014.

BRASIL. Tribunal Regional Federal (3. Região). Ação Civil Pública. Ação Civil Pública n. 29285-SP. Terceira Turma. Relator: Des. Fed. Nery Junior. São Paulo, 20 junho 2013. Disponível em: <. Acesso em: 29 ago. 2014.

BRAUNER, Arcênio. O ativismo judicial e sua relevância na tutela da vida. In: FELLET, Andre Luiz Fernandes; PAULA, Daniel Gotti de; NOVELINO, Marcelo (Org). As novas faces do ativismo judicial. Salvador: Jus Podivm, 2011. p. 597- 624.

CARVALHO, André Castro. O impacto orçamentário da atuação do poder judiciário nas tutelas concessivas de medicamentos. In: AMARAL JÚNIOR, José Levi Mello do (Coord). Estado de direito e ativismo judicial. São Paulo: Quartier Latin, 2010. p. 13-45.

COSTA, Andréa Elias da. Estado de direito e ativismo judicial. In: AMARAL JÚNIOR, José Levi Mello do (coord). Estado de direito e ativismo judicial. São Paulo: Quartier Latin, 2010. p. 47-60.

DISTRITO FEDERAL. Tribunal de Justiça do Distrito federal e Territórios. Remessa de Ofício n. 20140110177689. Terceira Turma Cível. Autor: Sérgio Murilo do Prado. Réu: Distrito Federal. Relator: Des. Alfeu Machado. Brasília, 25 agosto 2014. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2014.

DOBRWOLSKI, Silvio. A necessidade de ativismo judicial no Estado contemporâneo. Revista Sequência, Florianópolis, v. 16, n. 31, p. 92-101, dez. 1995.

LEAL, Rogério Gesta. As responsabilidades políticas do ativismo judicial: aspectos teórico-práticos da experiência norte-americana e brasileira. In: LEAL, Rogério Gesta; LEAL, Mônica Clarissa Hennig. Ativismo judicial e déficits democráticos: algumas experiências latino-americanas e europeias. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2011.

MEDEIROS. Fabrício Juliano Mendes. O ativismo judicial e o direito à saúde. Belo Horizonte: Fórum, 2011.

MELLO, Celso Antônio Bandeira de. Curso de direito administrativo. 26. ed. São Paulo: Malheiros, 2009.

MINAS GERAIS, Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais. Agravo de Instrumento. AI n. 1.0394.13.010441-4/001. Quarta Câmara Cível. Agravante: Município de Munhaçu. Agravado: João de Paula Sathler. Relator(a): Des.(a) Heloisa Combat. Minas Gerais, 20 fevereiro 2014. Disponível em: <. Acesso em: 29 ago. 2014.

MOREIRA, João Batista Gomes. Direito administrativo: da rigidez autoritária à flexibilidade democrática. Belo Horizonte: Fórum, 2005.

MOTA, Francisco Glauber Lima. Contabilidade aplicada ao setor público. Brasília-DF: Coleção Gestão Pública, 2009.

PRADO, João Carlos Navarro de Almeida. A responsabilidade do poder judiciário frente ao ativismo judicial. In: AMARAL JÚNIOR, José Levi Mello do (Coord). Estado de direito e ativismo judicial. São Paulo: Quartier Latin, 2010. p. 115-134.

SAMPAIO JÚNIOR, José Herval. Ativismo judicial: autoritarismo ou cumprimento dos deveres constitucionais? In: FELLET, Andre Luiz Fernandes; PAULA, Daniel Gotti de; NOVELINO, Marcelo (Org). As novas faces do ativismo judicial. Salvador: Jus Podivm, 2011. p. 403-429.

SÃO PAULO. Tribunal de Justiça de São Paulo. Agravo de Instrumento. AI n. 0122772-14.3013.8.26.0000. Quarta Câmara da Seção de Direito Público do TJSP. Agravante: Prefeitura Municipal de Jundiaí. Agravado: Claudio Capeletto. Relator: Des Paulo Barcellos Gatti. São Paulo, 29 julho 2013. Disponível em: <. Acesso em: 29 ago. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5102/rbpp.v5i2.3096

ISSN 2179-8338 (impresso) - ISSN 2236-1677 (on-line)

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia