Direito internacional humanitário e a atuação da cruz vermelha na América Latina - doi:10.5102/uri.v6i1.717

Alceu Cicco Filho

Resumo


As ponderações ora tecidas se dedicam a explanar o Direito Internacional Humanitário e sua presença em países latino-americanos, sem olvidar, contudo, o louvável empenho do Comitê Internacional da Cruz Vermelha em difundir nessas localidades princípios humanitários. Em uma era marcada por atentados terroristas, massacres transnacionais e demais atos que minimizam e dilaceram a dignidade humana, sem dúvida emerge a necessidade de melhor entender as nuances do direito aplicado em tempos de conflitos armados, bem como as várias frentes de atuação do CICV, sua principal matriz. Nesse contexto, analisar-se-á sua disseminação em nações como a colombiana e haitiana, severamente vitimadas e dilaceradas pelo ímpeto sombrio de destruição humana, atentando-se com lealdade aos fatos históricos e às questões políticas que ocasionaram a ruptura do equilíbrio até então instituído e fizeram com que os Estados necessitassem do amparo do Direito Internacional Humanitário.

Palavras-chave


Direito Internacional Humanitário – América Latina – Comitê Internacional da Cruz Vermelha – Conflito Armado.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uri.v6i1.717

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1807-2135 (impresso) - ISSN 1982-0720 (on-line) - e-mail: universitas.rel@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia