Do GATT à OMC: a perspectiva neoliberal institucionalista 10.5102/uri.v9i2.1413

José Augusto Fontoura Costa

Resumo


O artigo aborda a história das Rodadas do GATT e, principalmente, da criação da OMC a partir da perspectiva do neoliberalismo institucional das Relações Internacionais de modo a vincular os interesses econômicos aos processos políticos de tomada de decisão. As percepções econômicas e o estabelecimento de matrizes de interessses são ligadas ao contexto político e à estrutura das negociações, a qual é estudada para que se discuta a importância das instituições internacionais para a estabilização das relações entre estados.

Palavras-chave


OMC, regimes internacionais, neoliberalismo institucional, comércio internacional, jurificação.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uri.v9i2.1413

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1807-2135 (impresso) - ISSN 1982-0720 (on-line) - e-mail: universitas.rel@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia