Positividade da anemia infecciosa equina no Distrito Federal

Nara Carolina Penna Luccas Mesquita, Lucas Edel Donato

Resumo


Anemia Infecciosa Equina (AIE) é uma doença de notificação obrigatória causada por um lentivírus que infecta membros da família Equidae, ela é caracterizada por sua baixa letalidade e alta morbidade. A sintomatologia caracteriza-se por episódios febris, perda de peso, debilidade progressiva e anemia, e a transmissão da doença ocorre por repasto sanguíneo de um animal infectado para outro suscetível, o que advém principalmente da alimentação por insetos hematofágos, que quando alimentados de um animal infectado carreiam o vírus em seu aparelho bucal podendo infectar outros animais. Esse projeto teve como objetivo identificar a positividade da AIE em equídeos do Distrito Federal e estimar fatores de risco associados a doença. Para análise da distribuição espacial de AIE foram elaborados mapas utilizando a distribuição de casos. O banco utilizado foi a partir de dados secundários, e o número e distribuição dos casos notificados na SEAGRI no período de 2013 a 2018. O nível de agregação destas unidades espaciais foi o município de residência. Os mapas temáticos foram elaborados utilizando o software ARCGis e a distribuição da ocupação espacial dos municípios foi obtida a partir dos recenseamentos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram encontrados 192 animais sororeagentes entre os anos de 2013 a 2018, sendo desses 145 equinos e 47 muares. Apenas 3,12% dos animais atestados no estudo tinham como finalidade a reprodução, enquanto 41,66% tinha como finalidade o lazer e 55,2% o trabalho. A região administrativa com maior número de animais positivos foi a Asa Norte, com 20,8% dos casos, seguido por Planaltina com 15,6% e Brazlândia com 14%. Foi realizada a eutanásia de 91,14% dos animais sororeagentes, 5,2% dos animais apresentaram resultado negativo no reteste, 0,52% foram a óbito antes da eutanásia, 1,04% foram encaminhados para outro Estado e 0,52% dos animais foram dados como desaparecidos. Os achados no estudo são de extrema importância, uma vez que permitem auxiliar a planificação de uma política sanitária adequada para o controle e futura erradicação da doença

Palavras-chave


Anemia Infecciosa Equina. Distrito Federal. Positividade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n1.2018.6398

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia