Influência da BR-020 no comportamento e territorialidade de Volatinia jacarina

Vinícius Rozendo Vianna, Raphael Igor da Silva Côrrea Dias

Resumo


Modificações antrópicas podem promover alterações comportamentais em aves. Sabe-se que a presença de rodovias promove uma série de efeitos negativos a fauna. O tiziu (Volatinia jacarina) é uma thraupídeo neotropical, granívoro, migratório e apresenta uma sequência de características que diferem bem os sexos durante estação reprodutiva. Estudos prévios mostram que o tiziu (Volatinia jacarina) é uma espécie altamente atropelada em rodovias. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da rodovia BR-020 em diferentes aspectos biológicos da espécie Volatinia jacarina. Para isso, nos testamos as seguintes hipóteses: 1) a frequência de atropelamento é maior para machos de tiziu  devido ao seu comportamento reprodutivo (i.e., displays e confrontos agonísticos); 2) aspectos comportamentais (i.e., displays e confrontos agonísticos) e territoriais (i.e., área dos comportamentos exibidos) dos machos de tiziu são afetados pela distância até a rodovia 3) aspectos reprodutivos (i.e., situação; tamanho da ninhada; número e aspecto dos filhotes) da espécie são afetados pela distância até a rodovia; e 4) a condição de crescimento das penas influência a ocupação territorial ao longo da rodovia. O trecho de 10km da BR-020 que contorna a Estação Ecológica de Águas Emendadas (ESECAE) foi divido em 10 transectos de 1km cada. Semanalmente, os indivíduos foram capturados em redes de neblina, marcados com uma combinação única de anilhas, medidos e foi coletada a retriz direita mais externa de cada indivíduo para análise de ptilocronologia. Os trechos foram monitorados semanalmente a pé para quantificar os atropelamentos. Para cada carcaça encontrada, foram registrados: o menor nível taxonômico do espécime, sexo, latitude e longitude e a data de registro. Durante as estações reprodutivas de 2017/2018 e 2018/2019 os territórios dos machos foram localizados e mapeados e foram realizadas observações focais de 20 minutos cada. Durante as observações, foram registradas a taxa de display e a taxa defesa territorial e foram marcados os pontos de execução de displays e os pontos onde foram observadas interações agonísticas. A área defendida foi calculada usando o método do mínimo polígono convexo. Por fim, foi registrada a distância do centro da área defendida em relação a rodovia. Foram realizadas buscas ativas pelos ninhos durante as estações reprodutivas. Para os ninhos encontrados, foram anotadas as variáveis: situação, quantidade de ovos, quantidade de filhotes, aspectos dos filhotes e distância do ninho até a rodovia. Observou-se que a distância até a rodovia apresenta um efeito negativo para a espécie Volatinia jacarina. Machos são mais atropelados do que as fêmeas, apresentam também menores territórios quando mais próximos da rodovia. Fêmeas localizadas em territórios mais próximos da rodovia produziram um número menor de ovos. Indivíduos em piores condições se encontram em áreas que possuem maiores taxas de atropelamento. Aves de vegetação campestre apresentam uma sensibilidade na presença de rodovias. Diversas condições ecológicas afetam direta e indiretamente o comportamento de aves que também nidificam em habitats próximos a rodovias. A presença da rodovia apresenta diversos efeitos ecológicos que de modo geral são danosos as espécies


Palavras-chave


Atropelamento. Seleção de habitat. Reprodução.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n1.2018.6380

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia