Efeito da probabilidade de punição de relatos imprecisos em situação de corrupção

Brunna Mendes Feitosa dos Santos, Carlos Augusto de Medeiros

Resumo


O estudo tem como objetivo entender o efeito da probabilidade de punição sobre o relato de escolhas corruptas ou não-corruptas em um jogo computadorizado de simulação de dilemas cotidianos. Participaram da pesquisa cinco estudantes, que jogaram o jogo composto de 40 salas com desafios de escolha (fazer), todas as salas seguidas de uma tela com a tarefa de relatar (dizer), durante o jogo foram programadas cinco condições experimentais, duas linhas de base, uma condição de reforço para relatos específicos e outras duas condições com probabilidade de punição de 50 e 100%. Os resultados mostraram altos níveis de escolhas éticas e de relatos correspondentes o que acarretou pouquíssimo contato dos participantes com as contingências programadas, dificultando que esses distinguissem as contingências em vigor, fazendo com que as probabilidades de punição aplicadas não exercessem controle sobre os comportamentos de relatar dos participantes


Palavras-chave


Correspondência, Fazer-Dizer, Corrupção, Punição.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n1.2018.6334

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia