Detecta kids – estudo de identificação precoce de distúrbios cerebrais relacionados ao défict de atenção e hiperatividade em crianças

Luiza Amélia Marques Vinhal de Carvalho, Marcio Oliveira de Paula, Moacir da Silva Neto

Resumo


O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma condição
neuropsiquiátrica, de alta prevalência na população infantil, caracterizada por sintomas
persistentes e persuasivos de desatenção e/ou hiperatividade e impulsividade. Atualmente, seu diagnóstico é fundamentado em observação clínica e pautado com frequência em informações subjetivas, promovendo número exacerbado de diagnósticos incorretos. Existe uma carência de métodos efetivos, não invasivos e de aplicação ambulatorial que permitam avaliar alterações objetivas para triagem e auxílio diagnóstico do TDAH. O estudo teve como objetivo a seleção de população infantil para posterior análise mais detalhada da atividade elétrica encefálica através de eletroencefalograma com a tecnologia BNA ( Brain Network Activation). Esta triagem foi realizada por meio da aplicação de testes cognitivos computadorizados (Teste de Reação Simples, Teste de Reação de Escolha e Teste de Memória
Operacional) correlacionados com questionários SDQ (Strenghts and Difficulties Questionaire) ,SNAP-IV, e Questionário Sobre o Comportamento do Sono em crianças, respondidos pelos respectivos pais e/ou professores. Participaram do estudo 245 crianças de duas escolas públicas do Distrito Federal. No entanto, apenas 89 crianças tiveram seus questionários respondidos pelos respectivos pais e/ou professores, possibilitando a análise completa de apenas tais indivíduos. Os resultados dos testes computadorizados tiveram correlação significativa com os questionários já validados para a população infantil, o que permite inferir que estes têm potencial como ferramenta de triagem e auxílio diagnóstico do TDAH, além de ajudar na elaboração de tratamento multidisciplinar individualizado e permitir a mensuração objetiva da resposta ao tratamento e progresso individual. Ademais, os resultados da avaliação permitiram a seleção preliminar de população infantil para posterior análise mais
detalhada da função cognitiva utilizando o BNA com vistas à detectar prováveis distúrbios, dentre eles o TDAH. Considerando o impacto na vida dos indivíduos portadores do transtorno, a validação de ferramentas que avaliem alterações objetivas relacionadas com o TDAH são de extrema valia para o diagnóstico precoce e correto. Desta forma, é possível estabelecimento de tratamento multidisciplinar adequado, essencial para aquisição do nível de demandas sociais necessárias para interação social, vida acadêmica e ocupacional otimizadas, além da melhora da qualidade de vida individual e familiar


Palavras-chave


Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade.Testes cognitivos computadorizados. Brain Network Activation.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n1.2018.6331

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia