A influência da propaganda realizada por blogueiras sobre o nível de reforçamento informativo de marcas de vestuário femininos

Letícia Resende de Carvalho, Gabriel Raeder Gonçalves, Paulo Roberto Cavalcanti

Resumo


Fenômenos relacionados ao consumo têm sido amplamente investigados em psicologia. Dentre as abordagens que amparam tais estudos, O BPM representa o emprego e adaptação de princípios básicos de Análise do Comportamento para o contexto específico do comportamento do consumidor, e desse modo, enfatiza o papel de variáveis contextuais na determinação de padrões de comportamento dos consumidores. Diversas linhas de estudo baseadas no BPM tem investigado os mais variados padrões de comportamento de consumidores. Apesar dessa ampla gama de pesquisas, existe uma relativa escassez de pesquisas relativas ao contexto de compras online, sobretudo no que se refere ao efeito de blogueiras (i.e., influenciadoras digitais) sobre o comportamento de consumidores. O presente estudo teve o objetivo de verificar o efeito das propagandas, ou divulgação, feitas por blogueiras na rede social Instagram no nível de reforçamento informativo de marcas de vestuário feminino. Para isso foi empregado um questionário de Média de Conhecimento e Qualidade (MCQ) para aferir o nível de reforçamento informativos de 19 marcas divulgadas por blogueiras com grande número de seguidoras no instagram. Portanto, para verificar o efeito da blogueira sobre o MCQ, o questionário apresentado ao grupo controle continha fotos com as blogueiras usando roupas representativas da marca. Além disso, também foram investigados outros padrões de consumo e uso de redes sociais associadas as marcas. As medidas aferidas do MCQ para os dois grupos permitiram classificar as marcas entre diferentes níveis de Nível de reforçamento informativo (alto, médio e baixo). No entanto, nos dois grupos, verificaram-se valores muitos semelhantes. Análises não indicaram diferenças significativas e sistemáticas entre os grupos. Desse modo, tomando em conjunto as análises descritivas e inferências, os resultados indicaram uma ausência de efeito da variável propaganda da blogueira na avaliação de MCQ das marcas de vestuário feminino. Tais resultados sugerem que o nível de reforçamento informativo desses produtos seja determinado por outros fatores, tais como outros meios de divulgação ou histórico anterior de consumo. Em virtude de questões metodológicas estudos posteriores são necessários para verificar de modo mais contundente as interações e efeitos entre blogueiras e a avaliação de consumidoras sobre marcas de vestuário. O presente estudo também contribuiu para expansão do modelo do BPM na investigação de diferentes categorias de produto e contextos de consumo


Palavras-chave


Comportamento do Consumidor. Behavioral Perspective Model. Blogueira.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n1.2018.6309

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia