Desenvolvimento de um sistema de alerta da qualidade de água do Lago Paranoá

José Valter Simplicio De Melo, Bruno Collischonn

Resumo


O Lago Paranoá e um reservatório artificial fortemente identificado com a cidade de Brasília. O uso múltiplo do lago, que inclui recreação e lazer, geração de energia, diluição de esgotos domésticos e pluviais, passou a incluir recentemente o uso para abastecimento humano. Em novembro de 2016, um caso de floração de cianobactérias levou a interdição do uso de parte do lago para pesca e recreação. Nesse âmbito, o desenvolvimento de um modelo integrado de qualidade de agua que permita se antecipar a eventos desse tipo pode se mostrar muito util para o poder público. No presente trabalho, partiu-se de um modelo de qualidade de agua do lago, desenvolvido em uma pesquisa anterior, e foi feita a integração com dados de drenagem urbana, que não haviam sido considerados no modelo anterior e podem ter tido um papel importante na floração ocorrida. Os resultados mostram que algumas limitações em termos de dados de entrada ainda se mostram cruciais para uma representação mais fiel de eventos como esse, porem permitiram identificar um conjunto de condições de contorno que podem ajudar a identificar previamente um novo evento do tipo.


Palavras-chave


Qualidade da água. Lago Paranoá. Cargas difusas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n1.2018.6297

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia