Imagem para capa

Avaliação da utilidade de dados pluviográficos estimados por satélite

Karoline Ribeiro de Andrade, Bruno Collischonn

Resumo


O monitoramento pluviográfico é fundamental para um adequado planejamento e
projeto de estruturas de drenagem urbana. Entretanto, por diversas razões, o
monitoramento convencional, com pluviógrafos de solo, é insuficiente. Uma alternativa
que apresenta muito potencial é o uso de dados pluviográficos estimados por satélite.
Entretanto, poucos trabalhos até hoje avaliaram o potencial dessas estimativas em
drenagem urbana, onde a medição em pequenos intervalos de tempo é necessária. No
presente trabalho, avaliamos as estimativas de precipitação oriundas da constelação de
satélites GPM (Global Precipitation Measurement), comparadas a dados pluviográficos
convencionais do INMET e do CEMADEN, em pontos do Distrito Federal e do município
de Formosa (GO). Os resultados mostram que em intervalos de tempo muito curtos, a
precisão do GPM não é muito alta, porém esta melhora expressivamente à medida em
que os dados são agregados em escala temporal maior


Palavras-chave


GPM, pluviografia, satélite

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n1.2018.6289

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia