UTILIZAÇÃO DE RESÍDUO DE BLOCO DE CONCRETO COMO AGREGADO NA PRODUÇÃO DE ARGAMASSA DE ASSENTAMENTO

Joseano José de Andrade Vieira, Maria de Fatima Formiga Pedrosa, Luciana Nascimento Lins

Resumo


A utilização de agregado reciclado em qualquer área de uma obra ou construção é beneficente
para o meio ambiente, a economia e a sociedade. A reciclagem, além de contribuir com a
limpeza da cidade, poupa os rios, represas, terrenos baldios, esgotos sanitários, alivia o
impacto nos aterros sanitários e lixões, e até ameniza alagamentos e enchentes, pelo fato de
evitar que os resíduos acumulem em bueiros, onde torna o sistema de drenagem local mais
eficaz e o solo mais permeável. O objetivo desta pesquisa foi analisar se é possível utilizar os
resíduos de bloco de concreto como agregado miúdo para a produção de argamassas de
assentamento. Para atingir tal objetivo, foi necessário seguir a norma de requisitos da ABNT e
para isso foram feitos diversos ensaios laboratoriais, ambos com o intuito de verificar se essa
argamassa passa em todos os requisitos que a norma descreve e exige. Seguindo o mesmo
direcionamento, foi realizado também testes com uma argamassa industrializada para fazer
um comparativo entre a supracitada e a de resíduo. Para obter os resultados de cada
argamassa, foram executados vários ensaios laboratoriais seguindo as normas da ABNT, onde
os principais fatores analisados são: resistência a compressão, densidade aparente no estado
endurecido e no estado fresco, resistência à tração na flexão, coeficiente de capilaridade,
massa específica no estado fresco, retenção de água e resistência potencial de aderência à
tração. O estudo constatou que a argamassa industrializada ficou classificada como U1 D1 R6
P6 M3 C5 e a argamassa de resíduo foi classificada como U5 D4 R4 P3 M3 C5. Diante disso,
concluiu-se que é possível a utilização dos blocos de concreto como agregado miúdo na
produção de argamassas de assentamento, pois apesar dela ter se mostrado inferior a
argamassa industrializada em alguns aspectos, a argamassa de resíduo ficou dentro dos
parâmetros exigidos pela ABNT NBR 13281:2005, mostrando-se ser viável economicamente e
ambientalmente na reutilização dos resíduos de bloco de concreto


Palavras-chave


Argamassa industrializada. Argamassa de resíduo. Sustentabilidade. Ensaios laboratoriais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n3.2017.5782

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia