AVALIAÇÃO DO PERFIL DA ARQUITETURA NEUROMUSCULAR EM PACIENTES SUBMETIDOS A CIRURGIA DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR

Hugo Lacerda, Jose Luis Fleitas

Resumo


A reconstrução do ligamento cruzado anterior (LCA) é um procedimento cirúrgico comum entre os cirurgiões ortopédicos. Dentre as complicações após a RLCA, a fraqueza do músculo quadríceps pode estar presente. A deficiência do joelho muitas vezes é caracterizada por diminuição da força muscular, levando a incapacidades que podem ser atribuídas à atrofia muscular e comprometimento da capacidade neuromuscular. Objetivo: Avaliar o perfil referente à arquitetura neuromuscular de pacientes submetidos a cirurgia do ligamento cruzado anterior. Metodologia: Esse estudo é caracterizado como longitudinal, composto por pacientes submetidos à cirurgia de RLCA utilizando o enxerto do tendão patelar homolateral (TPH). As variáveis dependentes foram avaliadas antes e após a RCLA. Resultados: Reduções percentuais de 12,36% e 17,17% na espessura muscular e ângulo de penação ocorreram respectivamente. Um aumento de 12,7% na espessura muscular e 2,17% no ângulo de penação foi percebido entre as avaliações pós-operatórias. Conclusão: Foram encontradas diferenças percentuais nas variáveis mensuradas após a RLCA. Reduções no trofismo e na arquitetura neuromuscular podem gerar deficiências no músculo quadríceps femoral, o que pode influenciar negativamente nas tomadas de decisões no momento da alta


Palavras-chave


Arquitetura Muscular. Trofismo. Ligamento Cruzado Anterior. Joelho

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n2.2016.5585

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia