CLERO E NOBREZA: O PODER EM CONSTRUÇÂO NA GALÍCIA (SÉC. XII)

Daniel Alves Rodrigues Luciano, João Pedro Miller Coutinho, Marcelo Tadeu Santos

Resumo


O trabalho de pesquisa teve como finalidade observar a dinâmica das relações entre o poder religioso e o poder da nobreza na Galícia do século XII, através da “Historia Compostelana”, narrativas escritas no arcebispado de d. Diego Gelmírez, foi possível um contato com fragmentos do período estudado e assim estabelecer uma narrativa de “interpretação” do período. Para uma maior compressão do objeto de pesquisa (relações entre clero e nobreza), foi de suma importância pesquisas previas a respeito da organização dos monacatos no período medieval, também a questão de roubos de relíquias religiosas e o “valor” para o poder nobre e clerical. Como o recorte histórico se dá em um período onde o acesso às fontes são limitadas, e quando encontradas apresentam diversas barreiras; muitas delas por conta da língua presente nos documentos; o trabalho se utiliza do método Paradigma Indiciário para estabelecer a possibilidade de interpretação dos documento da História compostelana e assim poder analisa as dinâmica dos diferentes grupos sociais na era do medievo.
básica Brasília, dando importância a sujeitos que foram silenciados nas narrativas hegemônicas sobre o tema. Autores como Pierre Bourdieu, Henri Irinée Marrou são utilizados no contato com a fonte primaria, as leituras sobre a obra de Marrou “Do Conhecimento Histórico” mostra como é a relação do historiador/pesquisador deve adotar em relação a sua fonte, já a obra utilizada de Bourdieu “ Raízes do Paradigma Indiciário” é realmente a parte teórica utilizada para se trabalhar a fonte


Palavras-chave


História Compostelana. Reliquias Religiosas . Paradigma Indiciário.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n2.2016.5546

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia