MELHORAMENTO DE SOLOS ATRAVÉS DA INCORPORAÇÃO DE FIBRAS RECICLADAS : FIBRA CERÂMICA E FIBRA PROMEX

Fernanda Lopes Oliveira, Ivonne Alejandra Maria Gutiérrez Góngora, Jaime Rafael Obando Ante

Resumo


Por se tratar de um país ainda em desenvolvimento, o Brasil possui um grande parque siderúrgico, responsável por grande parte do seu PIB, no ano de 2014 a produção mineira atingiu o valor de US$ 40 bilhões, o que representou cerca de 5% do PIB Industrial do país. Outro setor primário de relevância para a economia Brasileira é o das indústrias têxteis, que ano a ano expandem suas atividades consideravelmente no território nacional. Os dois setores supracitados geram dentro dos seus processos industriais uma grande quantidade de resíduos de fibra têxtil e fibras cerâmicas, que na maioria das vezes não são reciclados ou descartados apropriadamente, gerando consideráveis problemas ambientais. Como alternativa para dar um uso apropriado às fibras descartadas, é proposta na presente pesquisa uma metodologia para o aproveitamento das fibras recicladas cerâmicas e têxtil, denominada de fibra PROMEX, no melhoramento de solos lateríticos, procurando dar aplicações ao compósito na engenharia geotécnica. Para efeitos de comparação foram misturadas fibras ao solo laterítico de Brasília em proporção de 0,5 % com relação à massa seca do solo, e comparando o efeito com um solo no estado natural. Na avaliação das mudanças nas propriedades mecânicas foram compactados corpos de prova cilíndricos através da metodologia mini-MCV de 50 mm de diâmetro, avaliando resistência à tração, resistência à compressão e da resistência ao cisalhamento em corpos de prova compactados segundo a metodologia Proctor. Dentro das principais conclusões da pesquisa foi possível estabelecer que a incorporação de fibras cerâmicas melhoram consideravelmente o comportamento mecânico do solo para tração e compressão, já a fibra PROMEX obteve melhor resultado pra ensaio de resistência ao cisalhamento


Palavras-chave


melhoramento de solos, solos lateríticos, fibras recicladas, sustentabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n2.2016.5525

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia