PAPEL DAS RÁDIOS COMUNITÁRIAS NO DISTRITO FEDERAL PARA PRESERVAÇÃO E DIFUSÃO DA ARTE LOCAL: UM ESTUDO SOBRE AS EMISSORAS NA FERCAL, SOBRADINHO II E PLANALTINA

Andressa Assis Brasil, Luiz Claudio Ferreira

Resumo


Esta pesquisa tem o objetivo central de realizar uma análise da programação de três
rádios comunitárias do Distrito Federal a fim de verificar se as emissoras prestam
serviço ao público-alvo e também identificar se esses veículos têm cumprido a
missão em relação ao que está previsto em lei, incluindo a divulgação da cultura
local, a preservação da identidade e a promoção do desenvolvimento social. Para
tal, são identificadas as ações comunicativas de três rádios comunitárias do Distrito
Federal, nas regiões da Fercal, Planaltina e Sobradinho II. Especificamente, o
trabalho verifica se as rádios comunitárias representam grupos não privilegiados
pela mídia tradicional. A pesquisa reveste-se de importância tanto pelo alcance que
a rádio ainda tem no país como pelo papel comunitário que exerce no Distrito
Federal, unidade federativa com profundas desigualdades sociais. Além do mais,
algumas regiões não recebem sinal de todas as emissoras comerciais, que, de
qualquer forma, não têm como principal fundamento a divulgação de informações
comunitárias ou não se prestam a dar visibilidade à cultural local. As maiores rádios
possuem compromissos comerciais, compreendem a audiência como métrica para
determinar as temáticas. Priorizam, por exemplo, as músicas internacionais e as
brasileiras de maior sucesso no Sudeste. Para analisar o trabalho realizado em três
rádios comunitárias do Distrito Federal: Alternativa Popular (Sobradinho II), a da
Fercal FM (na Fercal) e a Utopia (Planaltina) houve a revisão da literatura sobre
rádios comunitárias no Brasil, e da legislação acerca do tema; foi produzido o
detalhamento minucioso da programação das rádios observadas, bem como
projetos, eventos e oficinas das emissoras; e, por fim, realizado o estudo de caso a
partir da observação das programações culturais das rádios, trazendo o cruzamento
de informações entre os objetivos das rádios e o que é efetivamente é feito e levado
ao ar. No processo de observação preliminar dos conteúdos, foi aferido que as
rádios enfrentam o desafio de cumprir suas missões com falta de recursos e
conseguem parcialmente cumprir objetivos comunitários propostos. Para as
interações com o público, as emissoras estimulam participação por telefone, utilizam
sites e mídias sociais


Palavras-chave


Rádio comunitária. Comunicação comunitária. Rádios no Distrito Federal

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pic.n1.2015.5438

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia