FÉ, EXPRESSÃO E CULTURA:POR UM RESGATE DA NEGRITUDE NA LITURGIA EVANGÉLICA

Claudia Sales de Alcantara

Resumo


A Liturgia é a expressão de situações concretas de pessoas e que, portanto, fala muito de seus sofrimentos, alegrias e esperanças, fazendo com que a fé assuma características próprias. Dessa forma, quanto mais elementos e matrizes culturais tiver uma liturgia, mais rica ela será.Apesar do número significativo de negros na população brasileira, a igreja protestante, conhecida hoje como evangélica, não tem observado a riqueza cultural que esta matriz possui e pode proporcionar à liturgia dos cultos evangélicos. De modo geral, as liturgias das Igrejas ditas evangélicas no Brasil são brancas e o negro para ter acesso a elas tem que sofrer um processo de branqueamento. É por isso que surge este artigo, uma proposta litúrgica de afirmação às raízes étnicas e culturais afro-descendentes, para que também as igrejas evangélicas possam avançar neste sentido e enriquecer seus cultos da beleza negra brasileira.

Palavras-chave


igrejas evangélicas; cultura afro-brasileira; relações inter-raciais.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pade.v1i1.643

ISSN 1980-8887 (on-line) - e-mail: joelmarodriguess@gmail.com

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia