A TRAJETÓRIA DE UM INTELECTUAL NEGRO NA UNB

Nelson Olokofá Inocêncio

Resumo


A narrativa do percurso acadêmico e político de um intelectual negro serve de fio condutor para pensar criticamente questões fundamentais que nos possibilitam compreender como atua o racismo inscrito no cerne da sociedade brasileira. Desde a violência simbólica inscrita nos curricula dos cursos universitários aos conflitos “conhecimento acadêmico x militância política”, o presente artigo assinala a importância dos movimentos sociais negros para a construção do intelectual negro que aprende a arcar com o ônus de quem tenta perfurar a espessa camada que separa a universidade do conjunto da sociedade sem perder a identidade para garantir o passaporte com visto de permanência.

Palavras-chave


memória, racismo, negros, ativismo negro, universidade, cultura brasileira, poder.

Texto completo:

texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/pade.v1i1.131

ISSN 1980-8887 (on-line) - e-mail: joelmarodriguess@gmail.com

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia