Elogio à diversidade: globalização, pluralismo jurídico e direito das culturas

Sérgio Ricardo Fernandes de Aquino, Neuro José Zambam

Resumo


Conviver, especialmente num cenário global multicultural,
é um exercício de perene reconhecimento acerca daquilo
que aperfeiçoa os significados jurídicos e democráticos do Estado-
nação. A pluralidade de (micro)territórios, as formas de organização
da vida cotidiana demonstram a existência de outros
lugares além do Estado para se constituir uma paz duradoura,
não obstante suas adversidades diárias. O Objetivo geral deste
estudo é determinar a importância do cenário multicultural na
medida em que evidencia outros espaços de diálogos e resolução
de conflitos além daqueles impostos pelo Estado. O método de
abordagem utilizado é o Indutivo. Como parte das conclusões, é
impossível, num cenário global, ignorar como os cenários multiculturais
contribuem para a melhoria de vida dos povos, de seus
mecanismos institucionais e jurídicos, bem como do reconhecimento
transfronteiriço à Dignidade Humana.

Palavras-chave


Direito das Culturas; Pluralismo Jurídico; Globalização; Multiculturalismo

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/unijus.v27i1.3914

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1519-9045 (impresso) - ISSN 1982-8268 (on-line) - e-mail: carolina.abreu@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia