Relações entre o direito e o ambiente social em Niklas Luhmann e Gunther Teubner

André Folloni, Michelle Gironda Cabrera

Resumo


O artigo analisa a forma como o direito se relaciona com seu entorno, a partir da teoria dos sistemas de Niklas Luhmann. A importante virada paradigmática empreendida por Luhmann, para quem sem um entorno do qual distinguir-se não seria possível a identificação de um sistema, tem papel fundamental na construção de um sistema jurídico complexo, especialmente a partir de sua imbricação e interpretação pela sociologia e teoria do direito de Gunther Teubner. Uma vez que cabe ao direito, no contexto da sociedade hipermoderna, controlar o binômio lícito-ilícito, através de um sistema funcional peculiar e por meio de seus próprios programas (leis, decisões, Constituição, etc.), as obras de Luhmann e Teubner são essenciais para se compreender as inúmeras possibilidades advindas do contingente, que não pode ser ignorado pelo conhecimento jurídico.

Palavras-chave


Teoria dos sistemas; Complexidade; Niklas Luhmann; Gunther Teubner; Teoria do Direito

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/unijus.v26i2.3461

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1519-9045 (impresso) - ISSN 1982-8268 (on-line) - e-mail: carolina.abreu@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia