PRODI, Projeto Direito Integral: uma resposta à crise do ensino jurídico brasileiro

Roberto Freitas Filho, Luciana Barbosa Musse

Resumo


O problema do ensino jurídico brasileiro é discutido tendo em vista a necessidade de formação de bacharéis aptos a decidir em contextos complexos e a partir de normas com baixo grau determinação de sentido descritivo. Postula-se que o ensino jurídico ofertado no Brasil é predominantemente baseado em técnicas e métodos que tem como objetivo a memorização e a reprodução de conceitos e teorias, o que empobrece a visão do bacharel sobre o fenômeno jurídico e, por conseguinte, sua prática. Apresenta-se um projeto de extensão desenvolvido com o objetivo de responder à crise do modelo ensino, o Projeto Direito Integral – ProDI, que se caracteriza por ser uma estratégia de formação complementar para um grupo de alunos com características específicas, cujas habilidades e competências são desenvolvidas por meio de abordagens metodológicas ativas de ensino-aprendizagem que privilegiam o protagonismo discente.

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/unijus.v24i2.2452

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1519-9045 (impresso) - ISSN 1982-8268 (on-line) - e-mail: carolina.abreu@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia