Perspectivas para a realização de extensão universitária no curso jurídico

Paulo Henrique Borges da Rocha

Resumo


A extensão universitária faz parte da tríade ensino-pesquisa-extensão, sendo tratada na Constituição Federal de 1988, em seu artigo 207, sua indissociabilidade. A idéia de extensão universitária chegou ao Brasil em 1931, com a primeira legislação que tratava sobre ela. Desde então, a concepção do que vem a ser e como efetivar a extensão universitária mudou em muitos momentos. A extensão universitária tem de ser bem estudada e debatida com a finalidade de se chegar a uma conceituação e efetivação adequada. A extensão universitária cria a possibilidade de integrar a Instituição de Ensino Superior com a sociedade, gerando com isso ganhos para todos os envolvidos. Esse estudo procura ser mais um instrumento de auxílio para o debate dessa extensão universitária. Caso a extensão universitária seja bem pensada e executada gera ganhos inestimáveis para os seus integrantes e por esse motivo ela deve ser bem estudada e debatida.
Palavras chaves: Extensão universitária; ensino-pesquisa-extensão; Sociedade

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/unijus.v24i2.2363

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1519-9045 (impresso) - ISSN 1982-8268 (on-line) - e-mail: carolina.abreu@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia