O ditame dos prudentes: o papel da história do direito na doutrina processual civil contemporânea

Andre Luiz Figueira Cardoso

Resumo


Trata-se de monografia a respeito do papel da História do Direito nos Manuais
de Direito Processual Civil. Partindo de uma delimitação da mentalidade positivista,
chega-se a conclusão de o Juspositivismo, associado àquela mentalidade,
dela se diferencia principalmente por uma intensa repulsa à História. Investigam-
-se, então as relações da Dogmática Jurídica com o Juspositivismo, bem como sua
anterioridade a ele e suas posturas com relação à História. Passando à análise do
contexto das letras jurídicas brasileiras ao tempo do ingresso da mentalidade positivista,
visa-se esclarecer a influência intelectual de Portugal no pensamento jurídico
pátrio bem com as conseqüências das peculiaridades do positivismo brasileiro
no Direito. A partir daí, analisam-se manualistas de Processo Civil contemporâneos,
apontando-se-lhes as semelhanças e distinções.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/unijus.v1i0.1218

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1519-9045 (impresso) - ISSN 1982-8268 (on-line) - e-mail: carolina.abreu@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia