História dos hábitos alimentares ocidentais - doi: 10.5102/ucs.v3i1.553

Karina Aragão de Paula Nobre Pinheiro

Resumo


A alimentação é uma necessidade básica, um direito humano, assim como uma atividade cultural que envolve tabus, crenças, diferenças. O ato de alimentar-se caracteriza-se como social e proporciona convívio e diferenças. O presente trabalho avalia os hábitos alimentares ocidentais e sua evolução ao longo dos tempos. Observa-se que, desde as primeiras civilizações, fatores culturais, socioeconômicos, étnicos levam a modificações no comportamento alimentar. Isso têm acontecido cada vez mais rápido e sob influências diversas. No Brasil, houve forte influência de índios, negros e brancos, gerando hábitos alimentares miscigenados. É importante a valorização da alimentação saudável, principalmente em crianças, adolescentes e adultos jovens.

Palavras-chave


alimentação, hábito alimentar, comportamento alimentar

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/ucs.v3i1.553

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1678-5398 (impresso) - ISSN 1981-9730 (on-line) - e-mail: universitas.saude@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia