Wilson: uma análise do coadjuvante no filme Náufrago - doi: 10.5102/uc.v6i2.960

Nathalia Alencar Antunes, Maíra Carvalho

Resumo


Os personagens são o principal meio de identificação do público com o filme. Para se ter um bom personagem é necessário pensar na construção dele. Essa construção abrange diversos aspectos: seu contexto, essência, paradoxos características físicas entre outros. Em Náufrago (2000) de Robert Zemeckis, um dos personagens é uma bola de vôlei, um objeto completamente inanimado. Esse objeto elege-se como personagem e abrange vários aspectos da construção de um personagem secundário não humano. Wilson, a bola de vôlei, ainda possui outra ponta de análise: a publicidade evolvida nele. O product placement, técnica de inserção estratégica das marcas em filmes, músicas e programa de televisão, apresenta-se – de uma maneira não tradicional – em Náufrago (2000), mais precisamente nas marcas Federal Express (FedEX) e Wilson e nesse último traz um modelo diferenciado de propaganda.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uc.v5i2.960

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2175-7461 (impresso) - ISSN 2179-488X (on-line) - e-mail: joana.bicalho@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia