Filosofia na TV: indutora na formação crítica cidadã - doi: 10.5102/uc.v6i2.768

Daniella Cristina Jinkings Santana, Mônica Igreja do Prado

Resumo


Os programas televisivos sobre Filosofia ajudam a divulgar o assunto, mesmo que o tratamento dado ao tema ainda não seja o ideal. No entanto, eles auxiliam na construção de uma visão mais crítica e reflexiva e ajudam a enfrentar os desafios éticos do mundo contemporâneo, pois fazem com que o público tenha um despertar para o assunto. A pesquisa exploratória ressalta, na verdade, a força da comunicação interpessoal na construção da visão de mundo, na modificação de hábitos e atitudes e na formação do sujeito (indivíduo-cidadão). Reafirma também que a televisão tem o poder de agendar temas e trazer os assuntos para a agenda pública, mas que para provocar efeitos de longo prazo é a força de mediadores, como professores, que ajudam a formar e a moldar o ser humano. A pesquisa foi realizada dentro do Projeto de Iniciação Científica do UniCEUB, no período 2007/2008.
Palavras-chave: Mediação, Comunicação, Filosofia, Televisão, Professores.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uc.v5i2.768

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2175-7461 (impresso) - ISSN 2179-488X (on-line) - e-mail: joana.bicalho@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia