Estruturas Gerenciais de Projetos: Estudo de Casos em Empresas de Engenharia

Luciana Andrade Barzi, Thales Lemos

Resumo


Resumo: O presente artigo versa sobre os principais modelos estruturais de gerenciamento de projetos. O texto contém uma revisão da abordagem de diferentes autores sobre as principais vantagens e desvantagens que uma empresa pode obter ao implantar modelo gerencial. Na sequência, relata-se e analisa-se, sinteticamente, o modelo estrutural de gerenciamento de algumas empresas de engenharia de médio e grande porte. A análise pautou-se em aspectos relacionados às características das estruturas e a formação de competências em equipes de projetos, baseando-se em entrevistas com os responsáveis pelo gerenciamento de projetos de empresas de engenharia. Os resultados apresentados indicam que apesar de estas empresas possuírem um modelo de gestão, falta padronização nos modelos aplicados para cada projeto, já que a maioria apresenta conflito em relação às prioridades entre gerentes funcionais e gerentes de projetos.

Palavras-chave


Modelos de Gestão, Gerenciamento de Projetos, Engenharia

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uc.v12i2.3434

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2175-7461 (impresso) - ISSN 2179-488X (on-line) - e-mail: joana.bicalho@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia