Brasília para pessoas: a cidade como uma marca - DOI: 10.5102/uc.v10i2.2133

Amanda Caldas Agapito

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar a cidade de Brasília pela perspectiva de uma marca, e o espaço da cidade como uma loja-conceito. Para alcançar esse objetivo foi realizado uma revisão bibliográfica a respeito dos conceitos de marca, loja e hábito para que fosse possível compreender como posicionar a cidade como uma marca. Concomitantemente foi realizada uma revisão bibliográfica sobre a formação e função das cidades, a mudança social dos valores públicos para a esfera privada, como as cidades podem se portar em relação aos moradores e a relação entre a felicidade dos moradores e o espaço. Foram selecionadas 4 cidades além de Brasília para serem estudadas visando o planejamento urbano, as formas e a importância da vida urbana. Todos esses conceitos foram utilizados para o entendimento de Brasília, desde o planejamento idealizado por Lúcio Costa até a problemática urbana atual. Todos os fatores foram abordados com a base de técnicas e conceitos publicitários, sendo desenvolvido o posicionamento da marca e sugestões estratégicas para a resolução da problemática, a partir da publicidade.

Palavras-chave


cidade; Marca; Posicionamento; Hábito; loja-conceito

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uc.v10i2.2133

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2175-7461 (impresso) - ISSN 2179-488X (on-line) - e-mail: joana.bicalho@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia