Campus do Cérebro-gênese heterodoxa de um projeto - DOI: 10.5102/uc.v10i2.1990

José Galbinski

Resumo


Neste artigo é analisado o processo de projetação arquitetônica do Campus do Cérebro, com ênfase nas questões de linguagem e diretrizes conceituais, sendo objetivo deste artigo compartilhar experiências profissionais. Este ousado empreendimento, liderado pelo neurocientista Dr. Miguel Nicolelis, está sendo implantado na cidade de Macaíba, Rio Grande do Norte. O desafio era o de organizar o espaço de uma grande gleba, sem referências significativas, em meio à vastidão agreste e, ao mesmo tempo, de conferir ao Campus do Cérebro um sentido transcendente, que se alçando acima da pura e simples racionalidade de um plano do uso-do-solo imprimisse àquele lugar um carácter de dignidade compatível com a importância nacional e internacional da mais ousada ideia científica/social jamais empreendida no sertão nordestino.

Palavras-chave


processo de projetação, linguagem, diretrizes conceituais

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uc.v10i2.1990

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2175-7461 (impresso) - ISSN 2179-488X (on-line) - e-mail: joana.bicalho@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia