O neuromarketing e a comunicação visual - DOI:10.5102/uc.v9i2.1985

Luísa do Amaral Neiva

Resumo


O neuromarketing é uma nova área de estudo que faz uso das técnicas aplicadas pelas neurociências a fim de obter melhor resultados nas ações de marketing e publicidade. Sua importância se deve ao fato de que muitos dos fatores de decisão surgem de forma irracional, no nosso subconsciente. Assim, as pesquisas tradicionais de marketing são imprecisas e não refletem de fato o que influencia o ser humano na hora da compra. O neuromarketing, desta forma, busca compreender o que motiva o cérebro humano, a fim de perceber se os esforços publicitários elaborados pelas empresas dão algum retorno, e elaborar uma mensagem que seja condizente ao que o ser humano realmente queira escutar. Para identificar qual a importância deste estudo para o design gráfico, foram analisados diferentes itens constituintes da comunicação visual das embalagens, assim como casos em que estes estudos foram aplicados na elaboração nas mesmas. Observou-se que o neuromarketing tem muito a contribuir para a elaboração de um layout quando este for usado em complementaridade às demais técnicas de pesquisa do marketing; e que esta área tende a crescer e se desenvolver no Brasil e no mundo.

Palavras-chave


Neuromarketing;Comunicação visual;Design gráfico; Embalagem

Texto completo:

Texto completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uc.v9i2.1985

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2175-7461 (impresso) - ISSN 2179-488X (on-line) - e-mail: joana.bicalho@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia