Responsabilidade socioambiental corporativa: um estudo de caso na Caixa Econômica Federal doi: 10.5102/uc.v7i1.1154

Danielle Duailibe Zanchetta

Resumo


O aumento da consciência ambiental consolidou a Responsabilidade Socioambiental Empresarial no setor bancário brasileiro. Os principais bancos públicos e privados do país passaram a compreender que é possível ser sustentável e ter lucro. A comunicação interna, neste caso, exerce papel fundamental na divulgação das ações sustentáveis dessas instituições para que os novos valores sejam incorporados e consolidados pelos funcionários e, posteriormente, cheguem aos clientes. Estudar os valores corporativos da Caixa Econômica Federal e pesquisar as ferramentas de comunicação utilizadas pela instituição foi fundamental na identificação e compreensão das dificuldades enfrentadas pelo banco no desenvolvimento de um endomarketing eficaz que sensibilize seus funcionários na condução de ações sustentáveis dentro e fora da empresa.
Ter uma consciência ambiental, que leve à prática de ações socioambientais depende do enraizamento desses valores e princípios na cultura corporativa da instituição.

Palavras-chave


cultura corporativa, banco público, endomarketing, responsabilidade socioambiental e setor bancário brasileiro

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uc.v7i1.1154

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 2175-7461 (impresso) - ISSN 2179-488X (on-line) - e-mail: joana.bicalho@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia